15 outubro 2009



Esta é uma séria que aborda a realidade da mulher na Idade Média.
Texto dividido em diversos dias, para leituras rápidas e não cansativas.


MulherFlor1.jpg (373×370)

A MULHER NA IDADE MÉDIA


Por AZEVEDO, Fernanda Carminati Zambrotti.

Apostolado Veritatis Splendor: A MULHER NA IDADE MÉDIA.

A história da mulher na idade média é sempre ocultada e distorcida, bem como toda a história da idade média. Alguns chegam ao absurdo de dizer que neste tempo da história era considerado que a mulher não possuía alma. Estranhamente vemos neste período um dos de maior devoção a Santíssima Virgem Maria; quantos não foram os artistas a retratarem-Na majestosamente? Além do que, se fosse do pensamento da Igreja que a mulher não tivesse alma, porque ministrava a elas os sacramentos? Ou porque se difundiam tantas ordens religiosas dedicadas às mulheres?

Série São Francisco de Assis

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/outubro/imagens/dia-de-sao-francisco-de-assis-22.jpg
A PÁSCOA DE SÃO FRANCISCO

Entre 1225 e 1226, tivemos os últimos escritos de São Francisco, dentre eles o Cântico das Criaturas e o Testamento. Nestes mesmos dois anos, Francisco vai a vários lugares da Itália para tratar de suas vistas.

http://2.bp.blogspot.com/_EUq-KmVMUZo/Sc0Z6WXpWrI/AAAAAAAABnI/j0NYVxBFTTU/s400/A+morte+de+S%C3%A3o+Francisco.jpg

Passa por diversas cirurgias. Morre aos 03 de outubro de 1226, num sábado. Morreu nu aquele que começou a vida de conversão nu na praça de Assis diante do bispo, do pai e amigos. Morreu ouvindo o Evangelho de João, onde se narra a Páscoa do Senhor, aquele que recebeu os primeiros companheiros após ouvir o Evangelho do envio dos apóstolos. Foi sepultado no dia 04 de outubro de 1226, Domingo, na Igreja de São Jorge, na cidade de Assis.

Aos 16 de julho de 1228, Francisco foi canonizado pelo papa Gregório IX. Aos 25 de maio de 1230, os ossos de São Francisco foram levados da Igreja de São Jorge para a nova Basílica construída para ele, a Basílica de São Francisco, hoje aos cuidados dos Frades Menores Conventuais.

(Textos de Frei Mauro Odones, OFM, publicados no Boletim “Vocacionando”, nn. 1-14 e 16, de abril de 1997 a dezembro de 2000)