30 agosto 2010



Até inícios do século XX, a vida de Santa Clara era conhecida somente através de biografias cheias de devoção e baseadas em sua Legenda e em certos contos fantásticos. A vida de pessoas santas, sobretudo, aquelas que vêm do mundo medieval, não podem fugir da força legendária, uma narração feita unicamente para a edificação do espírito. Aos poucos, Clara de Assis vai revelando sua atraente vida, sua clara espiritualidade e mística, obra e escritos, sobretudo a partir destas ocasiões celebrativas:

1. Até 1912 o conhecimento de Clara estava mais no espaço fecundo dos Mosteiros e nas 21 mil Clarissas espalhadas pelo mundo todo. Neste ano de 1912, temos os 700 anos da VOCAÇÃO DE CLARA e da FUNDAÇÃO DAS CLARISSAS. Nascem aí estudos aprofundados, crescem as pesquisas e investigações. Lazzeri, entre os anos 1919 e 1920, descobre e publica o PROCESSO DE CANONIZAÇÃO.
2. Em 1953, temos os 700 anos da MORTE DE SANTA CLARA. Surgem as publicações das CARTAS DE SANTA CLARA PARA INÊS DE PRAGA, que passam a ser um marco para a Espiritualidade pessoal de Clara.
3. Em 1965, o Concílio Vaticano II faz a grande convocação para a VOLTA DAS ORIGENS. Conhecer os fundadores e fundadoras, seus Carismas específicos, escritos, biografias, literatura, enfim as FONTES, para colher desta riqueza a autenticidade e o ideal como base da renovação das famílias religiosas. O Franciscanismo na sua vertente Clariana descobre, com este impulso dado pelo Concílio, uma verdadeira e própria espiritualidade.
4. Em 2003, celebramos os 750 anos da MORTE DE SANTA CLARA. Vieram com isto publicações de muitos livros, artigos e muita divulgação da Legenda de Santa Clara.
5. De 2009 a 2012: 800 ANOS DA VOCAÇÃO DE CLARA! Estamos em pleno Tríduo deste grande JUBILEU . O Carisma Franciscano precisa da presença e inspiração de Santa Clara de Assis. Então comecemos a conhecê-la, amá-la e bem pensá-la em nosso coração.
 
Fonte: Carismafranciscano.blogspot.com

27 agosto 2010

Falecimento!

Hoje Nossa Fraternidade encolheu, ficou  triste…

Perdemos um querido irmão…

Inteligente, bom conselheiro, questionador, reflexivo…

Homem de comentários pontuais… este é o Nosso irmão:

nei

Nei Pottel!

Hoje a irmã morte o visitou, cremos na Ressurreição dos Justos, temos Fé na Salvação Eterna, aceitamos a sua Páscoa, mas nada fará diminuir a saudade e pesar que sentimos.

Professor aposentado, participava do Coral Nossa Senhora Mãe dos Homens, Catequese e na Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe se fazia presente semanalmente, falando de tudo, comentando os principais assuntos, imprimia belos textos para todos nós lermos… um grande irmão!

Deus seja força e luz para sua Família!

Que esteja na glória de Deus!

"ORAÇÃO DE JOÃO PAULO II A SÃO FRANCISCO DE ASSIS"

Ó São Francisco, estigmatizado do Monte Alverne, o mundo tem saudades de ti qual imagem de Jesus crucificado. Tem necessidade do teu coração aberto para Deus e para o homem, dos teus pés descalços e feridos, das tuas mãos transpassadas e implorantes. Tem saudades da tua voz fraca, mas forte pelo poder do Evangelho.

Ajuda, Francisco, os homens de hoje a reconhecerem o mal do pecado e a procurarem a sua purificação na penitência. Ajuda-os a libertarem-se das próprias estruturas de pecado, que oprimem a sociedade de hoje. Reaviva na consciência dos governantes a urgência da Paz nas Nações e entre os Povos. Infunde nos jovens o teu vigor de vida, capaz de cotrastar as insídias das múltiplas culturas da morte.

Aos ofendidos por toda espécie de maldade, comunica, Francisco, a tua alegria de saber perdoar. A todos os crucificados pelo sofrimento, pela fome e pela guerra, reabre as portas da esperança. Amém.

26 agosto 2010

Irmãos da Fraternidade assumem Ministérios Extraordinário da Eucaristia

No sábado, 21 de agosto, a Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, ao qual a Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe pertence, viveu uma transição no ministério extraordinário da Eucaristia:

10 irmãos despediram-se do serviço;

10 irmãos assumiram;

o restante renovou;

DSCF0913

irmãos que encerram seus trabalhos: missão cumprida!

 

No total a Paróquia possui 55 ministros. Entre os 10 que deixaram o serviço, está uma irmã nossa a Mara que após dois anos conclui a Missão. Na arquidiocese de Sorocaba, a qual Porto Feliz pertence, por orientação de nosso Arcebispo é recomendado a permanência de um leigo no Ministério por no máximo 2 anos.

 DSCF0794 DSCF0795

Lazinho e Sidnéia

 

DSCF0796 DSCF0848 DSCF0850

após vestir o jaleco

 

DSCF0908

DSCF0918

Após tirar o jaleco diante do Pe Toninho, o pároco responsável

 

Entre os que assumiram recebendo a provisão, estão também irmãos de nossa fraternidade: Ana Cândida, Lazinho e sua esposa Sidnéia.

Em sua mensagem pe Toninho (pároco), pediu respeito e amor aos Ministros e que as pessoas não critiquem, pois é uma Grande e difícil Missão, que só é possivel pela Fé do Leigo e pela Ação de Deus. Aos que encerraram a Missão, ele afirmou sua gratidão, e expressou o quanto estava satisfeito com todos os 10, e que não é o fim, pois o padre pode e pretende chamá-los de volta, desde que tenham perseverança.

23 agosto 2010

Semana da família – Família de Nazaré: modelo e Comunhão e Unidade

Iniciou neste domingo a Semana da Família que em Porto Feliz, sempre acontece na semana seguinte da festividades da Novena e Mãe dos Homens. A programação teve sua abertura neste sábado dia 21 no colégio com uma festa da Educação Infantil, já no domingo aconteceu a Celebração Eucarística na Igreja Mãe dos Homens.

Na segunda-feira a noite haverá evento com a Família dos Educadores da escola São José, já na terça-feira e quinta-feira acontecerá Momento de reflexão com as Famílias com o tema Família de Nazaré modelo de Comunhão e Unidade. Quarta-feira acontecerá feira de robótica participandos aqueles que se inscreveram na secretaria da escola. Sexta feira haverá uma apresentação Musical em Família e no dia 28 ultimo dia as 9 acontecerá Oficina de Aplicação em Pó Xadrex, e no encerramento as 19h será com a Santa Missa na Igreja Mâe dos Homens. Todos os eventos acontecerão a partir das 19h30 durante a Semana no salão nobre do colégio.

DSCF1002

As irmãs do Instituto das Filhas de São José tem como objetivo principal nesta semana de trabalhar os valores Cristãos de Família, como afirma irmã Elaine que a a família está cada vez mais “fragilizada e fragmentada”, resgatando nas famílias o espaço de “perdão e amor” disse.

Fotos da Missa de domingo:

 DSCF0932      DSCF0941

Coral de alunos da Escola São José
composto por alunos do 1º ao 5º

 

DSCF0945

Comentarista

 

DSCF0951

Primeira Leitura

 

DSCF0954

Salmo

 

DSCF0958

Segunda Leitura

 

DSCF0962 Proclamação da Palavra

 

  DSCF0971

Homilia

20 agosto 2010

Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 – café da Manhã Franciscano

 

Como uma das novidades da programação religiosa da Padroeira de Porto Feliz, foi servido após a Santa Missa das 7 horas da manhã do domingo, o café da manhã promovido pela Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe.

A primeira experiência com Café da Manhã aconteceu no Domingo da Ressurreição este ano na semana Santa.

Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 135 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 111 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 118 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 130 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 131 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 132 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 133 Festa Nossa Senhora Mãe dos Homens 2010 134

Clique nas fotos para poder Ampliar

Fotos de Rafael Correa – Pascom Porto Feliz

18 agosto 2010

Conselho Sudeste III

A Região Sudeste III da Ordem Franciscana Secular (OFS) do Brasil elegeu neste final de semana (13-15/8), o novo Conselho para o mandato do triênio 2010 - 2012, no Capítulo Regional Ordinário Eletivo, realizado no Centro Pastoral Santa Fé, em São Paulo (SP), que teve como tema: “Fraternidades: nossa riqueza" e com o lema: Nossas Fraternidades: Albergues do Ressuscitado.

O novo Conselho está assim formado:


Ministra: Denise Aparecida Marum Gusmão
Vice-ministra: Claudete Leutz Martins
1º Secretário: Antônio Carlos Alves
1º Tesoureiro: Cleide Aparecida Marchi
Coordenador da Formação: César Galvão
Foram eleitos conselheiros para os oito distritos da Região.

fonte: http://www.franciscanos.org.br/v3/carisma/ofs/notas/10_160810.php

16 agosto 2010

Novo Conselho Regional Sudeste III

blog_vitorio_g2107

RELAÇÃO NOMINAL DO NEO CONSELHO DO REGIONAL SUDESTE III - ELEITO EM 14 DE AGOSTO DE 2010


Ministra: Denize Aparecida Marum Gusmão.
Vice-Ministra; Claudete Leutz Martins.


Conselheiros 1º. DISTRITO: Nercy Correia Lima.
João Pereira Freire Neto.
Paulo Roberto Rodrigues.


2º. Distrito Samuel da Collina Jr.
Jalile Yared de Barros Sene.


3º. Distrito: Aluisio Victal
Pedro Ackermann Jr.


4º. Distrito: Leonilda Rodrigues Vieira Martinez.
Hermínia Elpírio Costa Santucci.


5º. Distrito: Domingos Sávio Plotegher.
Lauro Antonio Baruqui Pirolla.


6º. Distrito: Neide Rodrigues da Costa.


7º. Distrito: Sebastião Roberto Campanha Lima.


8º. Distrito: José Juvenal da Silva.
Juvêncio Donizete do Prado.


Coordenador de Formação: Cesar Galvão.


1º. Secretário: Antonio Carlos Alves.
Reolando Silveira Filho.


!o. tesoureiro: Cleide Aparecida Marchi.


2º. Tesoureiro: Antonio Julio Martins.


Assessor jurídico: Antonio Carlos da Silva Barros.


Secretária Fraterna da JUFRA: Nayla Faria Cardoso de Sá.


Animadora Fraterna: Maria Nascimento Silva.


Conselho Fiscal efetivo: Flavio Carvalho Trindade.
Silvio José de Barros.
Fernando césar Boarati.


Conselho Fiscal Suplentes: José Correia França.
Bernadette Mansueto Fernandes.
Luis Carlos da Silva.


Conf. Assist. Espir. Regionais: Frei Almir Ribeiro Guimarães, OFM.
Frei José Carlos Correa Paz, TOR.
Frei José Maria Maia de Lima, Cap.
Frei Rogério Pereira Xavier, OFMConv.


Assistente JUFRA: Frei Carlos Alberto Barbosa, TOR.


Comunicação (home page): Oswaldo Cruz.


Comunicação (Boletim Fraterninho): Maria bernadette Del Tdesco Nabuco do Amaral Mesquita.


Conselheira para a Área Sudeste : Joana D’arc Robatini de andrade.


Ministra Regional Sudeste I: Maria Beatriz Chimeli.
(Minas Gerais)


Ministro Regional SudesteII: Hélio da Costa Gouvêa.
(Rio de Janeiro e Esp. Santo)

14 agosto 2010

Das Cartas de São Maximiliano Maria Kolbe

 

(O. Joachim Roman Bar, O.F.M. Conv., ed. Wybór Pism, Warszawa 1973, 41-42;226) (Séc.XX)

Muito me alegra, caro irmão, o zelo que te inflama na promoção da glória de Deus. Pois observamos com tristeza, em nossos tempos, não só entre os leigos mas também entre os religiosos, a doença quase epidêmica que se chama indiferentismo, que se propaga de várias formas. Ora, como Deus é digno de infinita glória, nosso primeiro e mais importante ideal deve ser, com nossas exíguas forças, lhe darmos o máximo de glória, embora nunca possamos dar quanto de nós, pobres peregrinos, ele merece.

Como a glória de Deus resplandece principalmente na salvação das almas que Cristo remiu com seu próprio sangue, o desejo mais elevado da vida apostólica será procurar a salvação e santificação do maior número possível. E quero brevemente dizer-te qual o melhor caminho para este fim, isto é, para conseguir a glória divina e a santificação de muitas almas. Deus, ciência e sabedoria infinita, sabendo o que, de nossa parte, mais contribui para aumentar sua glória, manifesta-nos a sua vontade sobretudo pelos seus ministros na terra.


É a obediência, e ela só, que nos indica a vontade de Deus com evidência. O superior pode errar, mas não é possível que nós, ao seguirmos a obediência, sejamos levados ao erro. Só poderia haver uma exceção se o superior mandasse algo que incluísse – mesmo em grau mínimo – uma violação da lei divina; pois, neste caso, o superior não seria fiel intérprete de Deus.


Só Deus é infinito, sapientíssimo, santíssimo e clementíssimo, Senhor, Criador e Pai nosso, princípio e fim, sabedoria, poder e amor; tudo isso é Deus. Tudo que não seja Deus só vale enquanto se refere a ele, Criador de tudo e Redentor dos homens, último fim de toda a criação. É ele que nos manifesta a sua adorável vontade por meio daqueles que o representam, e nos atrai a si, querendo, deste modo, atrair por nós outras almas, unindo-as a si em amor cada vez mais perfeito.


Vê, irmão, quão grande é, pela misericórdia divina, a dignidade de nossa condição! Pela obediência com que ultrapassamos os limites de nossa pequenez e conformamo-nos à vontade divina, que nos dirige com sua infinita sabedoria e prudência, a fim de agirmos com retidão. Pode-se até dizer que, seguindo assim a vontade de Deus à qual nenhuma criatura pode resistir, nos tornamos mais fortes que tudo.


Esta é a vereda da sabedoria e da prudência, este é o único caminho pelo qual possamos dar a Deus maior glória. Pois, se existisse caminho diferente e mais alto, certamente Cristo no-lo teria manifestado com sua doutrina e exemplo. Ora, a divina Escritura resumiu a sua longa permanência em Nazaré com estas palavras: E era-lhes submisso (Lc 2,51), como nos indicou toda a sua vida ulterior sob o signo da obediência, mostrando que desceu à terra para fazer a vontade do Pai.


Amemos por isso, irmão, amemos sumamente o amantíssimo Pai celeste, e deste amor seja prova a nossa obediência, exercida em grau supremo quando nos exige o sacrifício da própria vontade. Não conhecemos, para progredir no amor a Deus, livro mais sublime que Jesus Cristo crucificado.


Tudo isso conseguiremos mais facilmente pela Virgem Imaculada, a quem a bondade de Deus confiou os tesouros da sua misericórdia. Pois não há dúvida que a vontade de Maria seja para nós a própria vontade de Deus. E, quando nos dedicamos a ela, tornamo-nos em suas mãos como instrumentos, como ela própria, nas mãos de Deus. Portanto, deixemo-nos dirigir por ela, ser conduzidos por ela, e sejamos calmos e seguros por ela guiados: pois cuidará de nós, tudo proverá e há de socorrer-nos prontamente nas necessidades do corpo e da alma, afastando nossas dificuldades e angústias.

Extraído de http://liturgiadashoras.org/oficiodasleituras/saomaximiliano.html acesso em 14 ago. 2010.
Ilustração: Porträt von Maximilian Kolbe (Nennwert 40 Pfennig). 25 May 1973. Disponível em http://commons.wikimedia.org/wiki/File:DBP_1973_771_Maximilian_Kolbe.jpg acesso em 14 ago. 2010.

Novena a N S Mãe dos Homens – último dia!

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


9º dia –“Maria, a forma mais sincera de Amor e Fé”
Oração: Ó Maria, Mãe  da Igreja, Mãe dos Homens emodelo perfeito da igreja realizada em plenitude, velai pela comunidade portofelicense aqui reunida em nome de vosso Filho e fazei de todos os cristãos, instrumentos da paz no mundo. Que o nosso testemunho seja a oportunidade sincera de conversão daqueles que ainda não encontraram a Verdade do Evangelho. Dou graças e louvo Amorosamente à Santíssima Trindade que colocou em vosso coração a luz da graça e o amor ardente que vos elevaram a tão alta santidade. Que o vosso exemplo ilumine o nosso caminho para que todos na igreja cheguem com muita Fé à eterna bem-aventurança e possamos chegar à glória da eternidade!
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...



Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

Celebramos São Maximiliano Maria Kolbe

http://1.bp.blogspot.com/_OHXkT5-29Y0/SKRB3vykvfI/AAAAAAAAAPs/fV_TT7xsfHM/s400/kolbe.jpg

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Meditemos: Ó Deus, vós chamastes todos os seres humanos a viverem este mundo em comunidades de justiça, paz e amor, pedimos que estas Graças sejam concedidas já aqui em nossa Fraternidades, e que nós como seus Filhos consigamos fermentar nossa querida cidade de Porto Feliz. Pedimos que o Teu Santo Espírito esteja sobre nós, nossas Famílias, nossa cidade e sobre a Tua Igreja.

Hoje rememoramos a vida e obras que o Frei Maximiliano Maria Kolbe fez em Teu Nome aqui na Terra, orientado pelos ensinamentos do Pai Francisco. Pedimos que a vossa Luz nos ajudem a encontrar e também nos amparar na interceção deste Frei, que lhe foi agradável e Santo aqui no meio dos viventes.


Fazei também de nós, servidores do Reino, e pescadores de Homens, assim como também Amantes de Vossa Santíssima Mãe. Oh Maria, rogai por nós, para que sigamos o belo exemplo e que assim melhore nossa atitudes, aumente nossa fé e nos torne felizes.

Dia do Santo – Oh Venerável São Maximiliano, te vereneramos neste vitorioso dia, e pedimos que continueis intercedendo sobre a Nossa Fraternidade de Porto Feliz, para que sejamos cada vez mais Santos e fieis ao Deus Uno e Trino. Impetrai sobre todos nós o mesmo zelo ardoroso com Nossa Senhora, a Mãe do Salvador, para que como Ela possamos viver e morrer no amor de Jesus

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...


Oração Final: Envia-nos em Missão Senhor, para que estejamos firmes em seu caminho, e dispostos a dar a vida pelo irmão. Amando e perdoando sem medidas. Que assim como São Maximiliano testemunhou a Cristo, que nõs consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Fazei de nós vossos instrumentos. Cuidai de nós concedendo a vossa benção de cada dia:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!

13 agosto 2010

Novena a N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


8º dia –“Maria, uma mulher de Fé”
Oração: Ó Maria, Senhora e Mãe dos Homens, em toda a vossa vida tivestes sempre um coração aberto para o bem, caridade e a Fé. Abrasai o meu coração de um imenso amor pela salvação da humanidade e fazei com que tenha sempre diante dos olhos o ideal da perfeição cristã para que,  correspondendo à vocação e aos planos Divinos, possa realizar em minha vida, para edificação do Reino de Cristo, o testemunho autêntido do homem de Fé que seja justo e santo.
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...



Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

12 agosto 2010

Novena N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!

Reflexão:
A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.
Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.
Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.

oração inicial
Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.


Creio...
Vinde Espírito Santo...


7º dia –“Maria, a imaculada”
Oração:
Ó Maria, Virgem e Mãe Puríssima, Mãe dos Homens,  fostes sempre isenta e preservada de todo o pecado. Dou graças ao Pai que  realizou em Vós, em vista do Filho Jesus Cristo, pelo Espírito Santo, a maravilhosa obra da Encarnação do Verbo, concedendo-vos tão grande e especial privilégio. E, bendizendo a Deus, vos peço que nos alcanceis uma disposição para o bem e a graça Divina, e fortaleça contra o mal e o pecado.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...


Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)



OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

11 agosto 2010

Santa Clara, exemplo de fidelidade

Santa Clara de Assis, exemplo de fidelidade

Frei Jean Ajluni, OFM

 

Hoje, sem dúvida alguma, podemos dizer que vivemos num mundo volátil; as situações mudam com uma velocidade impressionante, mudanças estas que muitos encaram como evolução. Mal adquirimos um objeto, já estamos pensando em como “passar pra frente” para adquirir outro mais moderno, ou mais evoluído.

Por incrível que pareça, este movimento de querer “passar pra frente” para conseguir sempre o mais novo, o mais cômodo, o mais belo, não se limita apenas às coisas e objetos. Se pararmos para pensar, nossa vida também entrou nesta dinâmica, vivemos o hoje pensando no que podemos encontrar de ‘novo’ amanhã, vivemos uma situação atual na expectativa que ela mude, mesmo que vivamos num bom momento, no fundo pensamos que sempre poderia ser melhor, ou o melhor está por vir.

Esta expectativa gera uma escravidão, a maioria das pessoas não está contente com suas escolhas, com seus casamentos, com seus trabalhos, com seus objetos, com sua aparência, enfim, com sua vida... Estão sempre na espera do que poderia ser melhor que não acaba nunca.

Então, nos colocamos a pergunta, o que é “fidelidade” hoje? Onde está a fidelidade? Porque ser fiel? Pois como posso trocar por um novo se sou fiel ao que já tenho?

Portanto, só seremos fiéis quando nos dermos conta, que o que nós temos, ou que nós somos é o melhor que poderíamos ter e ser. Quando o nosso amor superar em tudo, todo e qualquer outro interesse que venha competir com aquilo que amamos. Quando nossos ouvidos conseguirem se fechar as vozes que encantam e, ouvir somente a voz do que realmente amamos, do que é vital para nós, o centro de nossa vida.

Sendo assim, podemos vislumbrar o exemplo de Santa Clara, ela que se separou do mundo, se desprendeu de todos os vínculos que a poderiam impedir de estar inteiramente com seu amor, pelo poder libertador da vida pobre e decididamente foi fiel, não dando ouvido a outras vozes, mesmo enfrentando incompreensões e contrariedades, simplesmente foi fiel, pois sabia em quem depositou sua confiança, sabia que o seu tesouro era mais precioso do que qualquer outro tesouro, um amor assim tão grande que nenhum outro poderia competir, e quem poderia ser este amor, senão o próprio Deus.

Santa Clara exorta a Inês de Praga a abraçar o Cristo Pobre quando surgirem os desafios. Não haveria exortação mais sábia, pois abraçar o Cristo é colocá-lo como centro de tudo, abraçar o Cristo é querer ter apenas n’Ele a força, coragem, a vida; abraçar o Cristo é lembrar que Ele sendo Deus é fiel, pois suportou humilhação e sofrimento e foi fiel até a morte.

É de Deus então que procede o vigor que tornou Santa Clara fiel, é d’Ele que procede o vigor que pode nos transformar de  infiéis em servos fiéis. E só conseguiremos ser plenamente fiéis na medida em que O amarmos e colocarmos Deus como Tudo em nossa vida, quando o abraçarmos...(Deus Meus ET Omnia, meu Deus e Meu Tudo. S. Francisco).

O Evangelho em outras palavras nos diz a mesma coisa, quando se refere ao matrimônio, “Portanto não separe o homem o que Deus uniu” ( Mt 19,6 ). Quem une em matrimônio duas pessoas que se amam senão o próprio Deus? Ele é o centro também da vida matrimonial, e como já foi dito, é o próprio Deus que nos possibilita a fidelidade, pois não há maior amor do que Deus, que é o próprio amor. Quantos casais hoje em dia, não se separariam se colocassem Deus como quem realmente os une, como centro de suas vidas. Talvez, Santa Clara pudesse também dizer hoje aos casais, como disse a Inês, abracem o Cristo, nos momentos de crise, dificuldades e ventos contrários, pois é Deus quem os uniu.

Peçamos a Deus por intercessão de Santa Clara que Ele seja o centro de nossas vidas e que o possamos amar incondicionalmente acima de tudo. Eis aí, o segredo da Fidelidade.

fonte:http://www.franciscanos.org.br/rondinha/artigos/2010/031.php, acesso dia 11 de agosto 17h

Fraternidade realiza Novena de Santa Clara

A Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe de Porto Feliz, realizou a novena de Santa Clara, comemorada hoje dia 11 de agosto.

Santa Clara, Clareai!!!

DSCF0213

novena realizada na Casa de dona Cida Barnabé

Novena a N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


6º dia –“Maria, mulher de amor”
Oração: Ó Maria Imaculada, Rainha dos anjos e Mãe dos homens, pela fé no Senhor assumistes o plano de salvação de vosso Deus e Pai. Fazei com que compreendamos mais plenamente a vontade de Deus que quer salvar  a todos e levar-nos ao conhecimento da verdade. Agradecido, louvo à Santíssima Trindade que vos escolheu para tão grandiosa missão. Fazei com que tenhamos abertura de espírito para poder amar e distinguir a vontade do Pai e tenhamos a alegria que nos levará a participar com amor, em companhia dos anjos e santos, do Reino da glória.
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...




Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

10 agosto 2010

Novena a N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


5º dia –“Maria, mulher sincera”
Oração: Ó Maria da verdade, o mistério de vossa Imaculada Conceição foi o princípio da salvação de todo o mundo. Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade que assim engrandeceu e glorificou vossa pessoa. Peço-vos que me alcanceis a graça de saber aderir à Paixão e morte de vosso Filho Jesus, e que todo o amor a mim demonstrado na Cruz, seja do proveito para a minha vida e santificação, e que com sinceridade que como Vós consiga testemunhar.
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...



Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

09 agosto 2010

Irmãos da Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe acompanham visita do Cardeal Arcebispo Dom Odilo a Porto Feliz/sp

DSCF0176

Esteve em Porto Feliz Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer
Arcebispo Metropolitano de São Paulo. Ele veio da cidade de Itu, onde visitou três Mosteiros e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária. Veio na área rural almoçar num propriedade da familia Angiliere, e em seguida ele foi até a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens, onde foi acolhido por alguns irmãos da Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe, além do Prefeito Cláudio Maffei e o Pároco Padre Antonio Carlos Fernandes, o pe Toninho.

DSCF0194

Alguns dados do Bispo:

Nascimento: 21/09/1949 Local: Cerro Largo-RS / Brasil

Filiação: Edwino Scherer e Francisca Wilma Steffens Scherer

Ordenação Presbiteral: 07/12/1976 Local: Quatro Pontes, Diocese de Toledo-PR

Nomeação Episcopal: 28/11/2001

Ordenação Episcopal: 02/02/2002 Local: Toledo-PR

Arcebispo de São Paulo: 29/04/2007

Cardeal da Igreja: desde 24/11/2007

Capítulo Regional Ordinário Eletivo Sudeste III – está chegando!!!!

“Ser irmão significa não querer dominar, mas servir. Francisco fará do mútuo serviço, vivido na minoridade, na igualdade, na simplicidade, na humildade, um dos fundamentos da fraternidade”
(Frei Almir Ribeiro Guimarães, OFM).

 
O Capítulo Regional Ordinário Eletivo realizar-se-á de 13 a 15 de agosto de 2010, no Centro Pastoral Santa Fé, em São Paulo, com o tema

Fraternidades:

nossa riqueza"

e com o lema:

Nossas Fraternidades:

Albergues

do Ressuscitado.

Novena a N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


4º dia –“Maria, aquela que é exemplo”
Oração: Ó Maria, Virgem Imaculada, que recebestes as mais sublimes virtudes e todos os dons do Espírito Santo! Dou Graças e louvo  à Santíssima Trindade que vos  favoreceu com todos os privilégios. Suplico-vos, ó bondosa mãe, que me  alcanceis a prática das virtudes e me façais também digno de receber os dons e as graças do Espírito Santo, sendo como Vós oh Mãe de exemplo.
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...

 



Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

08 agosto 2010

Novena a N S Mãe dos Homens

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!!!
Reflexão:

A devoção à Santíssima Virgem Maria, invocada como Nossa Senhora Mãe dos Homens, surgiu  no país de Portugal, no século XVIII. Ela nasceu no meio dos franciscanos, começanco com Frei João de Nossa Senhora, do Convento de São Francisco das Chagas(de Assis), em Xabregas, um bairro de Lisboa. Frei João era um exímio pregador, um verdadeiro literato, chegando a ser conhecido como “o poeta de Xabregas”. Com esta facilidade de oratória, pregava sempre e em todo canto, empunhando sempre um crucifixo em suas mãos, convocando o povo à conversão e à volta para Deus por meio de Maria, a Senhora Mãe dos Homens.

Em nossa Cidade de Porto Feliz, no ano de 1700 foi edificada por Antonio Cardoso Pimentel a Capela em Honra a Nossa Senhora da Penha, primeira padroeira da cidade. Mas em 1744, os portofelicenses dão inícia a construção da sua Igreja Matriz, mas desta vez, rendidos a devoção franciscana à Nossa Senhora Mãe dos Homens, ela é escolhida a Padroeira de Porto Feliz. Em 1750 a nova Matriz é inaugura em honra a Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Rememoramos hoje a história de nossa Padroeira, a origem de sua devoção, e queremos todos os dia 15 de cada mês celebrá-la como Mãe dos Homens, e por isto realizamos esta novena.


oração inicial

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, que desde o primeiro instante fostes  toda cheia  de graça. Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens, eu vos saúdo como Mãe do meu Salvador. Dignai-vos receber as honras e veneração que nesta novena vos consagro. Vós sois o abrigo  seguro dos pecadores penitentes e assim tendo razão de recorrer a vós. Sois a Mãe de misericórdia e socorrei-me em minhas misérias. Sois, depois de Jesus Cristo, toda  a minha esperança e, por  isso, reconhecei a  terna confiança  que tenho em vós. Fazei-me digno de chamar-me  vosso  filho, para que possa  confiadamente dizer-vos: mostrai que sois minha Mãe.

Creio...
Vinde Espírito Santo...


3º dia – “Maria, temente ao Senhor”
Oração: Ó Maria, pela vossa Imaculada Conceição, esmagastes a cabeça da serpente  inimiga e fostes  concebida sem pecado. Dou graças e louvo à Santíssima Trindade que tal privilégio vos concedeu, e vos suplico que me alcanceis forças para superar todas as ciladas e traições do demônio e que continuemos Tementes ao Senhor como Vós tão bem sois. Ó Senhora, ajudai-me sempre e fazei que, com vossa proteção, sempre  vença o mal e chegue à salvação.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...




Oração Comunitária:
(intenções espontaneas)




OraçãoFinal:
Obrigado Senhor pela conclusão desta jornada, por mais um dia cumprimos nossos trabalhos e orações. Pedimos que nos envie em Missão Senhor, que retornemos  até o proximo encontro e que estejamos firmes no Seu caminho. Que a cada dia cosigamos ter forças e unção para propagar esta Santa Devoção a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Queremos ser instrumentos de vossa Paz, levando ao meu irmão aquilo que Tu Queres: o Amor, a Fé! Queremos testemunhar a Cristo, que nós consigamos também dar os mesmos passos e frutos. Conceda-nos a sua Benção! Amém
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém

07 agosto 2010

Reunião Geral de Agosto: celebrando Santa Maria dos Anjos!

A Fraternidade São Maximiliano Maria Kolbe de Porto Feliz, em sua reunião geral, preparada pelos irmãos Lazinho, Cida Barnabé e Oliana, abordaram a Devoção Franciscana a Santa Maria dos Anjos, a festa do Perdão de Assis.

Santa Maria dos Anjos, ou Nossa Senhora do Anjos assim como também ela é conhecida, Ela é patrona da Ordem dos Franciscanos, a sua origem remonta nos tempos de São Francisco, onde esta capela que tem este nome, estudos indicam que ela foi construida por um grupo de peregrinos que voltavam da Terra Santa, e que nela era venerado uma relíquia atribuída ao túmulo de Nossa Senhora.  Ao reunirem-se os fiéis para lá rezar, era possível ouvir o coro dos anjos, e foi daí que se originou a denominação Nossa Senhora dos Anjos. A data de 02 de agosto para celebrar Nossa Senhora dos Anjos foi determinada por ter sido o dia em que São Francisco ali recebeu a indulgência do Dia do Perdão, que ano mais tarde veio a ser celebrado pela Igreja toda por decreto do Papa Pio XII.

Aqui em Porto Feliz, a Fraternidade se reuniu no Centro Catequético Monsenhor Humberto Ghizzi:

 DSCF0006

DSCF0007 DSCF0008 DSCF0009 DSCF0010 DSCF0011 DSCF0012 DSCF0013 DSCF0014DSCF0018     DSCF0019 DSCF0020 DSCF0022 DSCF0023 DSCF0025 DSCF0027 DSCF0031 DSCF0032 DSCF0033 DSCF0034 DSCF0035 DSCF0038 DSCF0040  DSCF0042 DSCF0043 DSCF0044 DSCF0047 DSCF0048    DSCF0052